Connect with us

Cultura / Eventos

“Os Encapuzados” integram procissão secular de “Os Terceiros”

Publicado

|

À semelhança dos anos anteriores, no dia 10 de março, primeiro domingo da Quaresma, a Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande e a Câmara da Ribeira Grande, através do Museu Vivo do Franciscanismo, vão realizar o secular cortejo processional de “Os Terceiros”, que este ano incluirá a recriação histórica de “Os Encapuzados”.

“Os Encapuzados” são a prática de tomar a disciplina pelos irmãos terceiros, da qual fazia parte o açoitamento e a autoflagelação em público, bem como o uso de crânios humanos, coroas de espinhos e cruzes utilizadas como adereços cénicos durante a procissão.

Passaram a ser um costume comum neste tipo de manifestação pública durante os séculos XVII e XVIII, condizente com o seu caráter de movimento penitente. Esta prática manteve-se em atividade nas procissões de penitência franciscana, em São Miguel, até ao início do século XIX, conforme é relatado in CHAVES, Duarte Nuno; As Imagens de Vestir da Procissão dos Terceiros, 2018.

O Museu Vivo do Franciscanismo tem a missão de prosseguir ações de caráter cultural, cultual e educativo. Neste sentido, a incorporação dos encapuzados no cortejo processional de “Os Terceiros” oferece um olhar sobre o legado histórico e museológico, material e imaterial, que foi transmitido pelos nossos antepassados e que a nós compete preservar, valorizar, conservar e divulgar.

A procissão está agendada para as 16.00 horas, antecedida de solene eucaristia no Museu Vivo do Franciscanismo. À saída da procissão será feita uma homilia com breve referência à vida dos santos que a incorporam. Na segunda-feira, às 18.30 horas, será celebrada missa votiva de madre Teresa d’Anunciada.

FONTE: CMRG

Cultura / Eventos

Biblioteca Pública João José da Graça, na Horta, realiza oficina “Como Contar uma História”

Publicado

|

A Direção Regional da Cultura, através da Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça, na Horta, promove, de 8 a 12 de julho, a realização da oficina “Como Contar uma História”.

Esta atividade, que se destina a crianças dos 6 aos 12 anos, decorre das 09h30 às 12h30, orientada pela formadora Paula Saraiva.

A Direção Regional da Cultura informa que este e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal CulturAçores, no endereço www.culturacores.azores.gov.pt.

Continuar a Ler

Cultura / Eventos

Museu de Angra do Heroísmo promove concerto com o Quinteto de Carlos Alberto Moniz

Publicado

|

A Direção Regional da Cultura, através do Museu de Angra do Heroísmo e no âmbito das comemorações do 70.º aniversário da sua criação oficial e do 50.º aniversário da sua instalação no Edifício de São Francisco, promove sábado, 30 de março, a realização de um concerto intitulado “Canções de Abril”, com o Quinteto de Carlos Alberto Moniz.

O concerto, com entrada livre, terá lugar na Igreja de Nossa Senhora da Guia, a partir das 21h30, retomando temas imortalizados pela Revolução dos Cravos, como ‘Trova do tempo que passa’ ou ‘Canta, canta, amigo canta’, a par de composições originais de Carlos Alberto Moniz e José Jorge Letria.

Para além de Carlos Alberto Moniz, na voz e viola, estarão em palco Domingos Silva (piano), Edu Miranda (bandolim e guitarra), João Ferreira (percussão) e Pedro Santos (acordeão).

A Direção Regional da Cultura informa que este e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal CulturAçores, no endereço www.culturacores.azores.gov.pt.

Fonte: GACS

Continuar a Ler

Cultura / Eventos

Biblioteca Pública Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, assinala Dia Nacional do Estudante

Publicado

|

A Direção Regional da Cultura, através da Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, associa-se sexta-feira, 22 de março, às comemorações do Dia Nacional do Estudante.

A programação prevista para essa data, pelas 11H00, que também visa divulgar o Serviço de Leitura e Empréstimo Domiciliário, passa pela utilização do ‘Mannequin Challenge’, que consiste na realização de um vídeo onde um grupo de pessoas fica imóvel, como um manequim, durante um certo período de tempo.

Esta é uma forma de promover a interação dos leitores, nomeadamente os estudantes, com as atividades da biblioteca e de lhes dar a conhecer a Sala de Leitura e Empréstimo Domiciliário.

O Dia Nacional do Estudante foi promulgado pela Assembleia da República em 1987 e comemora-se anualmente a 24 de março.

A celebração da data pretende relembrar as dificuldades e os obstáculos enfrentados pelos estudantes na década de 60, aquando da crise académica vivida em Portugal.

Para além de uma homenagem aos estudantes, esta comemoração relembra que a Educação constitui um direito constitucional no nosso país.

A Direção Regional da Cultura informa que este e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal CulturAçores, no endereço www.culturacores.azores.gov.pt.

Continuar a Ler

+ Populares