Connect with us

Cultura / Eventos

Rosário recebe a 2ª Sessão do Inspiral com concerto de Nathan Ball

Publicado

|

Depois do sucesso da primeira sessão do INSPIRAL, no passado dia 1 de setembro, com extraordinária adesão do público, que contou com as atuações musicais de Sara Cruz e Valter Lobo, regressa, agora, este evento na sua segunda sessão que vai ocorrer a 6 de outubro, desta vez, na freguesia de N. Sra. do Rosário.



O palco escolhido foi o Cine Teatro Lagoense Francisco D’Amaral Almeida que receberá o concerto de Nathan Ball, pelas 21h30.

Nathan Ball é um compositor, cantor e guitarrista, extraordinariamente talentoso, natural do Reino Unido e com apenas 28 anos. Nada na sua obra é forçado, tem uma presença em palco, natural, fácil, e tranquila, a sua música flui por si mesma, tocando a profundidade humana. Sendo já um dos artistas favoritos no circuito de festivais underground, as letras poéticas de Nathan Ball são combinadas com uma voz poderosa e distinta e um estilo de guitarra raro e cativante.

Refira-se que, ao longo do ano 2018 e 2019, o INSPIRAL irá cativar a atenção do público para os espaços e equipamentos culturais do concelho, desde logo núcleos museológicos, escolas e outros espaços públicos de relevância patrimonial e histórica, que serão o palco de novas sonoridades, com atividades mensais, que percorrerão as diversas freguesias.  locais.

Fonte/texto: CML

Cultura / Eventos

Milhares participam na Marcha do Coração esta sexta feira em Ponta Delgada

Publicado

|

© Câmara Municipal de Ponta Delgada

Cerca de vinte escolas do concelho de Ponta Delgada, num total de, aproximadamente, 3.000 alunos participam, esta sexta feira, 28 de setembro, em mais uma edição da Marcha do Coração. A concentração das escolas participantes está agendada para as 10h30/11h00, no Campo de Campo de São Francisco.



A iniciativa vai já na sua 13ª edição e é, como habitualmente, da responsabilidade da Escola Canto da Maia, que participa com todos os alunos (800). A Câmara Municipal de Ponta Delgada apoia novamente este ano a realização da Marcha do Coração, cujo percurso é da responsabilidade de cada escola.

A Câmara Municipal de Ponta Delgada, como cidade integrante da rede nacional de Cidades Saudáveis, associa-se a esta importante iniciativa da Escola Básica e Integrada Canto da Maia, que tem como principal objetivo educar os alunos e a comunidade em geral para a importância de uma alimentação saudável e de uma vida fisicamente ativa, como forma de prevenir doenças cardiovasculares.

Recorde-se que Ponta Delgada foi o primeiro município dos Açores a integrar a rede nacional de Cidades Saudáveis, em 2009. Desde então que a autarquia tem vindo a promover uma ação concertada com as várias forças vivas da sociedade e diversos agentes, elegendo a saúde como um dos principais sustentáculos das políticas locais.

A Marcha do Coração é apenas uma das muitas ações relacionadas com a saúde e com a promoção de uma sociedade fisicamente ativa em que a maior autarquia dos Açores tem vindo a colaborar ao longo dos últimos anos.

Fonte/Texto: CMPDL

Continuar a Ler

Cultura / Eventos

(Com) Cordas
– 15 dias no Pico por Andreia de Sousa

Publicado

|

Fotografia por Pedro Silva

Tudo começou com uma proposta para realizar uma exposição de pintura, ligada aos instrumentos de cordas, para a 3º edição do Festival Cordas, na ilha do Pico, realizado pela associação Miratecarts.

Rápido as ideias e projetos foram aumentando, entre workshops de expressão plástica nas escolas, instalações na Galeria Costa e, aquele que seria “O” projeto da minha vida: pintar uma tela monstruosa (4m X 2m) ao vivo, em apenas 5 dias. Entre a excitação e o medo, e ansiosa por regressar à ilha que tanto me inspira, não hesitei em aceitar o desafio e embarcar numa aventura de criação, por 15 dias. Na primeira semana trabalhei diretamente com as crianças e jovens, que colaboram com a associação MiratecArts, na execução de diversas peças para a minha instalação na Galeria Costa, que falou sobre o poder transformador da arte na sociedade.

Fotografia por Davide Sousa

Foram 200 quilos de lixo reciclado e horas dedicadas à pintura, com o objetivo de defender a igualdade, respeito e amor para todos… mas houve tempo para tudo, não apenas trabalho…




Eu e, a alma e coração da associação MiratecArts, Terry Costa corremos a ilha de ponta a ponta, parando em todas as freguesias, conhecendo os artistas e os locais, os cafés, museus e restaurantes… e sim, a comida é boa e o vinho é único, mas são as pessoas que transformam este pequeno pedaço de terra no meio do atlântico num paraíso de simpatia e boa disposição.. e foi da experiência e do contacto com as pessoas que surgiu a inspiração para a obra monstruosa que viria a produzir. O medo de falhar na execução do trabalho, já que o tempo de produção era limitado, fez-me concluir que o ideal seria ter apenas uma pessoa representada na tela. Em jeito de brincadeira partilhei com o Terry que iria pintar o professor, músico e compositor Rafael Carvalho, já que é através dele que eu e a geração mais nova conhecemos bem a Viola da Terra.

O Terry concordou que essa fosse a minha inspiração, já que foi através da colaboração dele (Rafael) com a associação Miratecarts que se desenvolveu o Festival Cordas… mas não tardaram a chegar fotos, às dezenas, de tocadores de toda a ilha do Pico. De noite e de dia, vinham fotos e histórias de pessoas que contribuíram para a dinamização da cultura da viola da terra.

O meu medo era imenso, já que por norma são necessárias 30 horas para fazer apenas uma cara e eu teria apenas 35 horas para realizar todo o painel. Além de que, seria de certa forma injusto representar uns em detrimentos de outros…

Ao finalizar a primeira semana de residência fomos juntos a uma festa tradicional ver um grupo de tocadores e a famosa dança da Chamarrita e foi aí que o meu coração se inspirou verdadeiramente e não houve outra possibilidade senão avançar com a representação de diferentes pessoas ligadas a esta tradição…
Nem todos puderam lá estar representados, mas acima de tudo procurei representar a tradição, não só através das caras e das violas, mas também através do uso de cores robustas que lembrassem os nossos verdes e azuis característicos, trabalhando em diversas camadas, que se sobrepunham, tal como a vida e as experiências que dela retiramos…

Foram cerca de 35 horas de pintura e havia mesmo tanto a dizer sobre este processo e todas as pessoas que me inspiraram e apoiaram durante a realização da obra, mas partilho aquele que foi “O” meu momento, quando a exaustão mental e física e a pressão da finalização já se apoderava de mim, e subitamente as lágrimas (de felicidade) escorriam-me pela cara ao som de uma música que dizia assim: “It doesn´t get any better then this..” e não, a vida não fica melhor do que isso…. É através do amor à arte que conheci pessoas incríveis, que fiz novas amizades e que me sinto, passados apenas 15 dias, não só uma artista mais experiente, como uma pessoa mais feliz.

Hoje (enquanto escrevo estas palavras no voo para casa) deixo no Pico uma grande parte de mim, para toda a história, mas levo o Pico no coração para toda a minha história… e embora hoje seja o dia da despedida, despeço-me com planos de em breve regressar…

Eternamente grata. Obrigada MiratecArts! Obrigada Pico!

Andreia de Sousa

Continuar a Ler

Cultura / Eventos

Concertos de bandolim e guitarra no Faial e no Pico, no âmbito da Temporada Artística 2018

GACS

Publicado

|

Por

O Governo dos Açores, no âmbito da Temporada Artística 2018 e do Ano Europeu do Património Cultural, através da Direção Regional da Cultura, tutelada pela Secretaria Regional da Educação e Cultura, promove, a 1 e 3 de outubro, a realização de dois concertos de bandolim e guitarra.



O primeiro concerto do Duo de Bandolim e Guitarra, formado por Norberto Cruz e Luciano Lombardi, terá lugar a 1 de outubro, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça, na Horta, enquanto o segundo será realizado a 3 de outubro, no Museu dos Baleeiros, nas Lajes do Pico.

Os dois espetáculos têm entrada livre e terão início pelas 21h00.

Cada concerto apresenta um programa que passa por várias épocas e compositores, dando a conhecer ao público as várias sonoridades que o bandolim e a guitarra clássica proporcionam, desde música original a adaptações, incluindo peças de Vivaldi, Paganini e Piazzolla, entre outros compositores.

Este duo vai também realizar uma ação de formação destinada a bandolinistas, que terá lugar a 2 de outubro, no Museu dos Baleeiros, das 19h00 às 23h00.

Norberto Cruz, que concluiu em Itália os estudos de bandolim, já se apresentou como solista em países como Itália, Áustria, Espanha, Bulgária, Estónia, Brasil e EUA, sendo atualmente docente de bandolim no Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira e Presidente da Associação de Bandolins da Madeira.

Luciano Lombardi, professor do Conservatório – Escola das Artes da Madeira, foi distinguido com o Prémio de Carreira “Dalla Via del Grano alle Vie del Mondo” de Eboli, pela sua atividade concertística e didática internacional.

A Direção Regional da Cultura informa que este e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal CulturAçores, no endereço www.culturacores.azores.gov.pt.

Continuar a Ler

+ Populares