Connect with us

Regional

Açores com a mais alta taxa de execução de fundos comunitários do país

GACS

Publicado

|

O Vice-Presidente do Governo manifestou satisfação com a taxa de execução dos fundos comunitários nos Açores que, segundo o Boletim Informativo dos Fundos da União Europeia, foi a mais alta do país no primeiro semestre deste ano.



 

Este estudo evidencia os Açores “como a parcela do território nacional com melhor desempenho na execução dos fundos comunitários, em comparação quer com a outra região autónoma quer com as demais cinco regiões administrativas do continente”, destacou Sérgio Ávila.

O titular da pasta das Finanças Públicas salientou que, de acordo com o Boletim Informativo, “do montante aprovado na Região, mais de metade, ou seja, cerca de 51% já se encontra realizado, com despesa efetivamente realizada, paga e validada pelas estruturas de gestão dos fundos comunitários”.

“Considerando que, em termos da média geral em todo o território nacional, essa taxa de realização média não ultrapassa os 35% e que também nenhuma região individualmente se aproxima da taxa de execução dos Açores, é de concluir pela liderança regional na execução do atual Quadro Comunitário de Apoio”, frisou Sérgio Ávila.

Conforme os dados divulgados, o atual Quadro Comunitário de Apoio (QCA) já permitiu, só no âmbito do FEDER e do Fundo Social Europeu (FSE), injetar na economia açoriana mais de 476 milhões de euros, o que, segundo Sérgio Ávila, “constitui um excelente contributo para o crescimento económico e do emprego que se verifica de forma sustentada na Região”.

Ao nível de candidaturas, no atual QCA já foram aprovados projetos no montante de 983 milhões de euros, sendo que, no caso dos Açores, “não se verificam diferenças significativas entre a adesão do setor empresarial privado e a dinâmica do investimento público”, frisou.

“Tomando apenas em consideração o principal programa operacional em execução no arquipélago, o Programa Açores 2020 (financiado pelos fundos estruturais FEDER e FSE), a Região “continua a registar um dos melhores desempenhos a nível de execução da programação nacional do Portugal 2020”, sublinhou o Vice-Presidente, acrescentando que “essa liderança se afirma em diversas vertentes de análise”.

“Ao nível da execução do programa, aspeto crucial na avaliação da execução real dos programas – porque se trata de apuramento de despesa elegível efetuada pelos promotores, efetivamente realizada e comprovadamente paga aos fornecedores de bens e serviços -, a taxa de execução atinge os 39%, sendo, comparativamente, de 15% no conjunto dos programas regionais do continente e de 26% no total do programa Portugal 2020”, adiantou.

Para Sérgio Ávila, é também na vertente da maturidade dos projetos e operações submetidos e aprovados que o PO AÇORES 2020 se destaca dos restantes, pois, em “cada 100 euros de fundo comunitário aprovados nas candidaturas açorianas, 57 euros já foram justificados em investimento realizado, enquanto na média nacional esse valor ronda os 38%”.

“É também de destacar o contributo do PO AÇORES 2020, naturalmente à sua escala, para os fluxos financeiros que o país recebeu já da União Europeia”, afirmou o governante, precisando que 33% da despesa prevista já foi certificada e remetida a Bruxelas para reembolso, enquanto a média nacional se situa nos 15%.

Regional

Chuva forte provocou derrocada em São Jorge e inundações na Terceira

GACS

Publicado

|

Por

Foto: Ildeberto Rocha / Rádio Voz dos Açores

A chuva forte que caiu esta madrugada no Grupo Central dos Açores, nomeadamente em São Jorge e na Terceira, provocou uma derrocada de dimensão considerável na Estrada Regional N.º 2 – 2.ª, de acesso ao Topo, em São Jorge.



Após receber o alerta, o Governo dos Açores, através da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, fez deslocar para o local os meios humanos e materiais necessários para a limpeza e desobstrução da estrada.

Nos trabalhos, que deverão prolongar-se durante todo o dia, estão envolvidos nove operacionais, dois camiões e uma retroescavadora.

O trânsito de e para o centro da freguesia está assegurado por vias alternativas, uma municipal e outra regional.

Na ilha Terceira, a chuva forte levou à interrupção da estrada regional em Santa Bárbara, causando ainda inundações em quatro habitações nesta freguesia e numa habitação nas Cinco Ribeiras, devido ao galgamento de ribeiras.

Também nestes casos, o Governo dos Açores fez deslocar para os locais afetados meios humanos e materiais para fazer face ao sucedido.

Continuar a Ler

Regional

Celebrity Silhouette hoje em Ponta Delgada com quatro mil visitantes

Publicado

|

Foto: Facebook Portos dos Açores, S.A. / André Cabral

O Terminal de Cruzeiros das Portas do Mar recebe hoje a segunda visita, em 2018, do navio de cruzeiros Celebrity Silhouette. Esta escala em Ponta Delgada resulta dos habituais itinerários de outono que ligam o Reino Unido aos arquipélagos Atlânticos. A presente viagem tem a duração de 15 dias e Ponta Delgada será a primeira de sete escalas programadas.



Com 2858 passageiros e 1238 tripulantes a bordo, o navio da conceituada Celebrity Cruises tem chegada prevista ao iníco da tarde desta quarta-feira, cerca das 13h00, e deve rumar ao Funchal quando foram 23 horas.

No próximo dia 10 de outubro, este paquete tem agendado nova escala na cidade micaelense, em mais um cruzeiro idêntico ao que agora protagoniza.

Fonte: Portos dos Açores, S.A.

Continuar a Ler

Regional

Votação do 1.º Orçamento Participativo dos Açores termina a 30 de setembro

GACS

Publicado

|

Por

O período de votação das 154 propostas finalistas do 1.º Orçamento Participativo dos Açores (OP Açores) termina a 30 de setembro, registando-se uma significativa adesão dos Açorianos a esta iniciativa do Governo Regional, tendo já votado cerca de 4.200 pessoas.



Por área temática, são 59 as propostas finalistas na área da Juventude, 40 no Turismo, 28 na Inclusão Social e 27 no Ambiente.

Por ilha, existem 34 propostas em votação na Terceira, 26 em São Miguel, 23 em São Jorge, 17 no Pico, 14 na Graciosa, 13 em Santa Maria, 12 nas Flores, 11 no Faial e quatro no Corvo.

Os interessados podem conhecer cada uma das propostas finalistas por ilha na página inicial do sítio do OP Açores na Internet, na área “Saber mais”, e na página do Facebook com o endereço https://www.facebook.com/OrcamentoParticipativoAcores/.

Para votar, basta aceder ao sítio do Orçamento Participativo dos Açores (https://op.azores.gov.pt), ou enviar um SMS para o número 3838 com as indicações “OPAZORES (espaço) Número da Proposta (espaço) Número de Identificação Civil”.

Em qualquer uma das formas de votação será necessário indicar todos os números e letras do Cartão de Cidadão ou todos os números do Bilhete de Identidade.

As propostas vencedoras são divulgadas em outubro.

Continuar a Ler

+ Populares