Connect with us

Nacional

Bruxelas propõe 4,7 ME para ajudar antigos trabalhadores do setor têxtil em Portugal

Agência Lusa

Publicado

|

A Comissão Europeia propôs hoje canalizar para Portugal 4,7 milhões de euros do Fundo Europeu de Ajustamento à Globalização para ajudar antigos trabalhadores do setor do têxtil e de vestuário e centenas de jovens desempregados a encontrar emprego.

“Os trabalhadores portugueses foram fortemente afetados pela concorrência mundial. Os 4,7 milhões de euros do Fundo Europeu de Ajustamento à Globalização [FEG] ajudarão 730 trabalhadores que perderam os seus empregos, assim como um número equivalente de jovens sem emprego, educação ou formação, a adaptarem as suas competências, facilitando a sua transição para as novas oportunidades”, sustentou a comissária europeia do Emprego, Assuntos Sociais, Competências e Mobilidade Laboral, Marianne Thyssen.

Portugal solicitou o apoio do FEG na sequência do despedimento de 1.161 trabalhadores de duas empresas do setor do têxtil e de vestuário nas regiões Norte, Centro, e Lisboa.

“As medidas cofinanciadas pelo fundo europeu poderão ajudar os 730 trabalhadores, que enfrentam as maiores dificuldades, assim como a 730 jovens sem emprego, educação ou formação com menos de 30 anos, a encontrar diferentes possibilidades com o objetivo de melhorar as suas competências, seja através da formação profissional, ou da ajuda àqueles que queiram criar as suas próprias empresas”, explica o executivo comunitário em comunicado.

Estas medidas serão complementadas por subsídios, quer para deslocação, quer para formação.

O custo total estimado destas medidas está fixado nos 7,7 milhões de euros, sendo a comparticipação do FEG de 4,7 milhões.

A Comissão Europeia vai submeter a proposta ao Parlamento Europeu e ao Conselho Europeu (Estados-membros) para aprovação.

Nacional

85 detidos este fim de semana, quase metade por conduzirem com álcool

Agência Lusa

Publicado

|

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve este fim de semana 85 pessoas em flagrante, 45 das quais por condução sob o efeito do álcool, revelou a corporação.

Em comunicado, a GNR adianta que, na sequência das operações que levou a cabo no sábado e domingo, foram ainda detidas 12 pessoas por conduzirem sem carta, 12 por tráfico de droga e duas por posse de arma proibida.

Nas operações foram apreendidas 858 doses de haxixe, 30 de cocaína, 12 doses de folhas de cannabis, uma arma de fogo e 16 armas brancas.

Na área do trânsito, a GNR detetou 1.285 infrações, das quais 529 por excesso de velocidade, 86 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 78 por falta de inspeção periódica obrigatória, 48 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinha para crianças e 45 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização.

Foram ainda detetadas 42 infrações por falta de seguro de responsabilidade civil, 39 relacionadas com tacógrafos e 27 por uso indevido do telemóvel durante a condução.

Continuar a Ler

Nacional

Neve impede circulação na Serra da Estrela

Agência Lusa

Publicado

|

As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela estão hoje encerradas ao trânsito devido à queda de neve, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

De acordo com a fonte, às 09:55, encontravam-se encerrados os troços Piornos/Torre, Torre/Lagoa Comprida, Lagoa Comprida/Loriga, Lagoa Comprida/Cruzamento do Sabugueiro.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje “períodos de céu muito nublado, apresentando-se geralmente muito nublado nas regiões Norte e Centro até final da manhã. Aguaceiros, em especial até meio da tarde, nas regiões Norte e Centro, e que serão de neve acima de 1.000/1.200 metros”.

Continuar a Ler

Nacional

GNR: Atividade operacional das últimas 12 horas

Publicado

|

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

Detenções: 20 detidos em flagrante delito, destacando-se:

14 por condução sob o efeito do álcool;
Um por condução sem habilitação legal;
Um por tráfico de estupefacientes.

Apreensões:

20 doses de haxixe.

Trânsito:

Fiscalização: 473 infrações detetadas, destacando-se:

81 por excesso de velocidade;
41 por infrações relacionadas com tacógrafos;
31 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
27 por falta de inspeção periódica obrigatória;
20 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
Oito por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Sinistralidade: 88 acidentes registados, destacando-se:

Um ferido grave;
38 feridos leves.

Fonte: GNR

Continuar a Ler

+ Populares