Connect with us

Nacional

Solidariedade: “Campanha de regresso à escola” ajuda famílias mais vulneráveis em Portugal

Publicado

|

A Cáritas Portuguesa e o Instituto de Apoio à Criança (IAC) promovem este domingo uma ‘campanha de regresso à escola’, para ajudar famílias face “ao impacto financeiro” da compra de material escolar, em 120 hipermercados.

“Não queremos que haja qualquer tipo de condicionamento para as crianças e jovens de famílias mais vulneráveis que devem ter como única preocupação assegurar o seu sucesso escolar”, afirmou o presidente da Cáritas Portuguesa.

Eugénio Fonseca explica que a instituição católica quer combater qualquer forma de diferenciação entre os alunos, além, de promover o sucesso escolar e a igualdade de oportunidades.

“Trata-se de uma despesa que preocupa todas as famílias e, particularmente, aquelas que vivem com dificuldades financeiras”, observa, acrescentando que esses dias “devem ser de alegria e entusiasmo” pela entrada ou reencontro com a escola.

A ‘campanha de regresso à escola’ 2018, hoje e domingo, é promovida também com o Instituto de Apoio à Criança e conta com o apoio da Missão Continente e das Farmácias Portuguesas.

“É um direito fundamental para o desenvolvimento pessoal e, porque o IAC entende que a escola deve ser um lugar feliz para todas as crianças, proporcionando-lhes sentimentos de alegria, de amizade, de fraternidade, de descoberta do mundo e de respeito pelo outro”, destacou Manuela Ramalho Eanes, presidente da direção do IAC e embaixadora da campanha.

No seu sítio online, a Cáritas Portuguesa divulga quais são as 120 lojas que aderiram à ação solidária em diversas dioceses católicas de Portugal – continental e ilhas – onde também vão estar voluntários para recolher o material escolar.

A organização católica informa ainda que, em 2017, com a mesma campanha encheram de cor “mais de 9.659 folhas e 24.979 cadernos”, foram oferecidos “52.888 lápis e 47.275 esferográficas” e mais de nove mil borrachas.

Nacional

85 detidos este fim de semana, quase metade por conduzirem com álcool

Agência Lusa

Publicado

|

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve este fim de semana 85 pessoas em flagrante, 45 das quais por condução sob o efeito do álcool, revelou a corporação.

Em comunicado, a GNR adianta que, na sequência das operações que levou a cabo no sábado e domingo, foram ainda detidas 12 pessoas por conduzirem sem carta, 12 por tráfico de droga e duas por posse de arma proibida.

Nas operações foram apreendidas 858 doses de haxixe, 30 de cocaína, 12 doses de folhas de cannabis, uma arma de fogo e 16 armas brancas.

Na área do trânsito, a GNR detetou 1.285 infrações, das quais 529 por excesso de velocidade, 86 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 78 por falta de inspeção periódica obrigatória, 48 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinha para crianças e 45 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização.

Foram ainda detetadas 42 infrações por falta de seguro de responsabilidade civil, 39 relacionadas com tacógrafos e 27 por uso indevido do telemóvel durante a condução.

Continuar a Ler

Nacional

Neve impede circulação na Serra da Estrela

Agência Lusa

Publicado

|

As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela estão hoje encerradas ao trânsito devido à queda de neve, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

De acordo com a fonte, às 09:55, encontravam-se encerrados os troços Piornos/Torre, Torre/Lagoa Comprida, Lagoa Comprida/Loriga, Lagoa Comprida/Cruzamento do Sabugueiro.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje “períodos de céu muito nublado, apresentando-se geralmente muito nublado nas regiões Norte e Centro até final da manhã. Aguaceiros, em especial até meio da tarde, nas regiões Norte e Centro, e que serão de neve acima de 1.000/1.200 metros”.

Continuar a Ler

Nacional

GNR: Atividade operacional das últimas 12 horas

Publicado

|

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

Detenções: 20 detidos em flagrante delito, destacando-se:

14 por condução sob o efeito do álcool;
Um por condução sem habilitação legal;
Um por tráfico de estupefacientes.

Apreensões:

20 doses de haxixe.

Trânsito:

Fiscalização: 473 infrações detetadas, destacando-se:

81 por excesso de velocidade;
41 por infrações relacionadas com tacógrafos;
31 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
27 por falta de inspeção periódica obrigatória;
20 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
Oito por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Sinistralidade: 88 acidentes registados, destacando-se:

Um ferido grave;
38 feridos leves.

Fonte: GNR

Continuar a Ler

+ Populares