Connect with us

Desporto

Travessia Terceira/Faial em Kayak só vai arrancar amanhã

Publicado

|

Foto: porto das pipas PRESS - Travessia Terceira Faial 100 anos

Miguel Sousa Azevedo/porto das pipas PRESS

Depois de consultada a previsão meteorológica para os próximos dias no Grupo Central, ficou acordado que apenas amanhã (dia 20), é que os onze atletas terceirenses vão ligar em Kayak a sua ilha de origem às vizinhas paragens de São Jorge, Pico e Faial, cumprindo a ligação de cinco etapas que comemora os 100 anos do Peter Café Sport, na cidade da Horta.

Eliseu Reis, João Paulo Rocha, Paulo Barcelos, Fernando Soares, João Fragueiro, André Almeida, Tomé Gonçalves e as duplas (em K2) André Avelar/Albano Barcelos e André Neto/Bruno Aguiar serão os destemidos que, até domingo, vão remar entre o Porto das Cinco Ribeiras e o Porto da Horta, arrancado pelas sete da manhã desta sexta feira.

“Vamos repetir a ligação feita no 75º aniversário do Peter Café Sport”, adianta André Avelar, o porta voz da aventura, lembrando que a iniciativa “também pretende fazer ver que é o mar que nos une, ainda mais no Grupo Central, pelo que deve ser sempre respeitado”, refere.

Eliseu Reis, conceituado atleta, com vários títulos regionais e excelentes prestações nacionais, explica que “a maior distância será na primeira etapa, da Terceira ao Topo (40 quilómetros).

No segundo dia serão 21 quilómetros do Topo à Calheta, e depois da Calheta até São Roque mais 27 quilómetros. Já no terceiro dia, teremos São Roque/Madalena, com 28 quilómetros feitos junto à costa do Pico e, depois de parar na Madalena, serão os derradeiros 7 quilómetros do canal até à Horta”, acrescenta Eliseu Reis.

A aventura dos 11 terceirenses conta com o apoio do Peter Café Sport – promotor do evento -, bem como da Associação Regional de Canoagem dos Açores, do Clube Naútico de Angra do Heroísmo, do Angra Iate Clube, do Clube Ar Livre da Ilha Terceira e do Clube Naval da Horta. Associaram-se ao evento as Câmaras Municipais de Angra do Heroísmo, da Horta, da Madalena e de São Roque do Pico, assim como a Junta de Freguesia do Topo. Os atletas ficarão instalados nas Associações Humanitárias de Bombeiros da Calheta e de São Roque do Pico, e contam com o patrocínio da empresa Ironstore e com a divulgação do Rádio Clube de Angra.



 

Desporto

FC Porto vence e consolida liderança – RESUMO

Publicado

|

O campeão em título FC Porto reforçou sexta-feira a liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao receber e bater o Portimonense por 4-1, depois de estar a perder, no encontro de abertura da 12.ª jornada.

Continuar a Ler

Desporto

FC Porto abre “oitavos” da Taça de Portugal

Publicado

|

A Federação Portuguesa de Futebol revelou, esta sexta-feira, o calendário dos oitavos-de-final da Taça de Portugal. Os jogos realizam-se a 18 e 19 de dezembro, uma terça e uma quarta-feira, respetivamente.

O primeiro grande a entrar em campo é o FC Porto, na receção ao Moreirense, às 20h45 de terça-feira. Sporting e Benfica jogam no dia seguinte. Os leões recebem o Rio Ave, às 19h30, e o Benfica visita o Montalegre, do Campeonato de Portugal, às 20h45.

Confira todos os jogos
18 de dezembro de 2018 | terça-feira
19h00:Vitória FC (LN) vs. SC Braga (LN)
20h00: Leixões SC (LLP) vs. CD Tondela (LN)
20h45: FC Porto (LN) vs. Moreirense FC (LN)

19 de dezembro de 2018 | quarta-feira
15h00: CD Feirense (LN) vs. FC Paços de Ferreira (LLP)
15h00: Boavista FC (LN) vs. Vitória SC (LN)
16h00: CD Aves (LN) vs. GD Chaves (LN)
19h30: Sporting CP (LN) vs. Rio Ave FC (LN)
20h45: DC Montalegre (CP) vs. SL Benfica (LN)

LN – Liga NOS; LLP – Ledman Liga Pro; CP – Campeonato de Portugal.

Golo fm

Continuar a Ler

Desporto

E-toupeira: Debate instrutório do processo adiado para 03 de dezembro

Agência Lusa

Publicado

|

O debate instrutório do processo ‘e-toupeira’, que estava agendado para segunda-feira, no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), foi adiado para 03 de dezembro, avançou hoje à Lusa fonte oficial da Benfica SAD.

De acordo com a mesma fonte, na segunda-feira, em vez de ter lugar o debate instrutório, na sessão pública que estava programada para ter início às 14:00 no TCIC, vão haver audições de mais testemunhas, cuja identidade ainda não foi possível apurar.

Esta alteração resultou de uma reclamação dos advogados da SAD ‘encarnada’, aceite pela juíza de instrução criminal Ana Peres, que abriu uma nova oportunidade para ouvir testemunhas e levou ao adiamento do debate instrutório por uma semana.

Esta informação surge no mesmo dia em que os advogados da SAD do Benfica abdicaram de ouvir o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, na instrução do processo ‘e-toupeira’, disse à Lusa fonte do clube.

De acordo com a mesma fonte, os advogados da sociedade ‘encarnada’ entenderam que a matéria já estava esclarecida, do ponto de vista da inquirição, justificando a dispensa de Gomes, cujo testemunho estava previsto para terça-feira e foi adiado para que pudesse acompanhar o jogo entre Portugal e Polónia, da Liga das Nações.

A fase de instrução do processo ‘e-toupeira’, requerida pelos quatro arguidos, incluindo a Benfica SAD, começou em 14 de novembro, no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa.

A instrução, fase facultativa que visa decidir por um juiz de instrução criminal se o processo segue para julgamento, decorreu à porta fechada, e tem o debate instrutório marcado para segunda-feira, às 14:00, numa sessão pública, tal como será a leitura da decisão da instrução, ainda sem data marcada.

No Requerimento de Abertura de Instrução (RAI), a SAD do Benfica defende que a acusação do Ministério Público (MP) é infundada e que terá de cair nesta fase.

O RAI assenta em três pontos essenciais, entre os quais o desconhecimento dos factos imputados ao seu antigo assessor jurídico Paulo Gonçalves e restantes dois arguidos, ambos funcionários judiciais.

A sociedade que gere o futebol profissional ‘encarnado’ aponta ainda a ausência de elementos probatórios que a liguem aos atos descritos na acusação e a omissão de narração de factos concretos na acusação que permitam imputar-lhe a prática de qualquer crime.

A acusação do MP considera que o presidente da Benfica SAD, Luís Filipe Vieira, teve conhecimento e autorizou a entrega de benefícios aos dois funcionários judiciais, por parte de Paulo Gonçalves, a troco de informações sobre processos em segredo de justiça, envolvendo o Benfica, mas também clubes rivais.

A SAD do Benfica está acusada de 30 crimes e Paulo Gonçalves de 79 crimes. O MP acusou a SAD do Benfica de um crime de corrupção ativa, de um crime de oferta ou recebimento indevido de vantagem e de 29 crimes de falsidade informática.

Continuar a Ler

+ Populares