Connect with us

Desporto

Mundial2018: França favorita no ‘ajuste de contas’ da Croácia

Agência Lusa

Publicado

|

Foto: Reuters

França e Croácia disputam no domingo uma final inédita do Campeonato do Mundo de futebol, com os gauleses a terem o estatuto de favoritos, perante uns croatas que procuram um ‘ajuste de contas’.

Foi há 20 anos, no Mundial1998, que a França, a atuar em casa, eliminou a Croácia nas meias-finais (2-1), naquela que era até agora a melhor campanha dessa seleção, que acabou por terminar no terceiro lugar.

Apesar do ‘bronze’, essa derrota é ainda hoje uma das mais amargas na nação croata, que há duas décadas esperava por novo duelo, e logo na final do Mundial2018.

As duas seleções chegaram a encontrar-se no Euro2004, que decorreu em Portugal, ainda na fase de grupos, com esse encontro a terminar empatado (2-2).

A Croácia está a viver ‘história’, enquanto a França chega à sua terceira final de um Mundial, esta com um sabor especial, já que há dois anos, no Euro2016, os gauleses sofreram um dos desaires mais penosos, quando, no Stade de France, foram derrotados por Portugal, no jogo decisivo da prova.

A equipa de Didier Deschamps é favorita, não só pelo seu historial, mas também pela preparação que vai ter para o confronto que vai decorrer no Estádio Luzhniki, em Moscovo.

Sem baixas, a França vai entrar em campo com mais um dia de descanso, perante uma equipa croata que, além de ter menos 24 horas, vai ter nas pernas mais 90 minutos disputados, já que foi sempre a prolongamento na fase a eliminar.

Perante a Dinamarca, nos oitavos de final, e a anfitriã Rússia, nos ‘quartos’, a Croácia precisou mesmo das grandes penalidades, enquanto perante a Inglaterra, Mandzukic marcou no prolongamento, no triunfo por 2-1.

O avançado saiu tocado do embate com os ingleses, assim como o lateral-esquerdo Strinic, estando os dois em dúvida para o encontro de domingo, que terá inicio às 16:00 (19:00 horas em Moscovo).

Um trajeto bem diferente teve a França, que venceu Argentina (4-3), Uruguai (2-0) e Bélgica (1-0) dentro do tempo regulamentar, com Griezmann e Mbappé a terem ambos três golos marcados em toda a fase final.

A final do Mundial2018 vai ser arbitrada pelo argentino Nestor Pitana.

Desporto

Sporting estreia-se na I Liga com vitória sobre o Moreirense

Agência Lusa

Publicado

|

O Sporting estreou-se hoje na I Liga portuguesa de futebol de 2018/19 com uma vitória por 3-1 no terreno do Moreirense, em jogo da primeira jornada.

A equipa da casa foi a primeira a marcar no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, por Heriberto (06 minutos), mas Bruno Fernandes igualou (16) antes do intervalo, e o holandês Bas Dost completou a reviaravolta, marcando por duas vezes (74 e 90+2), a primeira das quais de grande penalidade.

Com os três pontos conquistados, em Moreira de Cónegos, o Sporting junta-se no topo da classificação ao campeão FC Porto e a Benfica, Vitória de Setúbal, Marítimo, Feirense e Belenenses, que também iniciaram o campeonato a ganhar.

Continuar a Ler

Desporto

Santa Clara perde no último segundo

Publicado

|

O Santa Clara perdeu (1-0) no último segundo da compensação, na transformação de uma grade penalidade, em jogo da jornada inaugural da I Liga de futebol. Este encontro decorreu sem vídeoárbitro (VAR), face ao impedimento do árbitro Manuel Oliveira, que não conseguiu viajar para o Funchal.

Recorde-se que em comunicado, o Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) revelou que a “Liga de Clubes, responsável pela marcação de viagens e estadias das equipas de arbitragem que atuam nas competições profissionais, agendou a viagem dos árbitros para este sábado à noite”.

No entanto, o CA explica que as “condições atmosféricas adversas” inviabilizaram a viagem do juiz da Associação de Futebol do Porto e dos respetivos assistentes, o que ditou a sua substituição por um árbitro da segunda categoria (C2) que já estava na Madeira. Como os elementos da C2 não estão credenciados pelo International Board (IFAB) para o uso do vídeoárbitro, por isso o encontro decorreu sem recurso ao VAR.

“Face a este impedimento, o Conselho de Arbitragem nomeou a equipa C2 constituída por Anzhony Rodrigues (árbitro), Luís Freitas e Nuno Pereira (assistentes) e Roberto Santos (quarto árbitro), que se encontra na Madeira”, refere a nota publicada no sítio oficial da FPF.

Num jogo repartido pelas duas equipas o empate que se manteve até ao minuto 94 seria o resultado mais justo.

Continuar a Ler

Desporto

Jogo entre Marítimo e Santa Clara sem vídeoárbitro

Agência Lusa

Publicado

|

O jogo entre o Marítimo e o Santa Clara, da jornada inaugural da I Liga de futebol, está a decorrer sem vídeoárbitro (VAR), face ao impedimento do árbitro Manuel Oliveira, que não conseguiu viajar para o Funchal.

Em comunicado, o Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) revelou que a “Liga de Clubes, responsável pela marcação de viagens e estadias das equipas de arbitragem que atuam nas competições profissionais, agendou a viagem dos árbitros para este sábado à noite”.

No entanto, o CA explica que as “condições atmosféricas adversas” inviabilizaram a viagem do juiz da Associação de Futebol do Porto e dos respetivos assistentes, o que ditou a sua substituição por um árbitro da segunda categoria (C2) que já estava na Madeira. Como os elementos da C2 não estão credenciados pelo International Board (IFAB) para o uso do vídeoárbitro, o encontro vai realizar-se sem recurso ao VAR.

“Face a este impedimento, o Conselho de Arbitragem nomeou a equipa C2 constituída por Anzhony Rodrigues (árbitro), Luís Freitas e Nuno Pereira (assistentes) e Roberto Santos (quarto árbitro), que se encontra na Madeira”, refere a nota publicada no sítio oficial da FPF.

O jogo entre o Marítimo e o Santa Clara, que assinala a estreia das duas equipas neste campeonato, está a decorrer, no Estádio do Marítimo.

Acompanhe este jogo aqui

Continuar a Ler

+ Populares