Connect with us

Desporto

Jonathan Paredes promete salto “surpresa” em etapa açoriana do Red Bull Cliff Diving

Agência Lusa

Publicado

|

Foto: cliffdiving.redbull.com

O atual campeão do circuito mundial do Red Bull Cliff Diving prometeu hoje uma “surpresa” na etapa açoriana da competição de saltos para a água de grande altura, que vai decorrer no ilhéu de Vila Franca do Campo.

“Tenho uma surpresa. Volto de Bilbau com uma motivação extra, eu e o Orlando Duque estivemos juntos em Madrid a treinar ao longo de oito dias e creio que me deu uma motivação extra para preparar um salto novo e vou apresentá-lo nos Açores”, disse o mexicano Jonathan Paredes à chegada ao aeroporto de Ponta Delgada.

O atleta, que começou a época com um mau resultado na primeira etapa no Texas, Estados Unidos, espera ter um bom resultado naquela que é a terceira etapa do circuito mundial da modalidade e a sétima edição da prova açoriana, que decorre sexta-feira e sábado, no ilhéu de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel.

“Foi um início de ano um pouco complicado, décima posição no Texas, depois segunda posição em Bilbau, a situação melhorou bastante, passei de um décimo a um quinto lugar (na classificação geral), escalando cinco posições. Na verdade estou muito feliz de voltar aos Açores, este lugar muito especial e muito complicado para todos, sabemos que este é o único sitio em que saltamos dos recifes naturais e aqui é onde a competição muda para todos os saltadores porque saltar das pedras é muito diferente mas estamos felizes de estar cá”, adiantou.

Jonathan Paredes reconhece que sente “alguma pressão” por ser o atual campeão do circuito mundial e espera conseguir a primeira vitória nos Açores ou no mínimo uma subida ao pódio.

“No Texas senti um pouco de pressão, eu pensava que não ia acusar pressão mas quando somos campeões é natural, há sempre uma pressão em cima, todos os olhares estão virados para os campeões, creio que Bilbau correu bem e foi a prova que podia fazer bem as coisas e seria um bom resultado se nos Açores, definitivamente, pudesse subir ao pódio”, disse.

Com duas, das sete etapas, cumpridas do calendário de 2018 do Red Bull Cliff Diving Worls Series, o norte-americano Steven Lobue lidera a competição masculina e a mexicana Adriana Jimenez o setor feminino, sendo que foi também a última a vencer no ilhéu de Vila franca do Campo.

A brasileira Jaki Valente está de regresso aos Açores, depois de em 2016 ter tentado em Portugal o salto mais difícil de sempre da competição feminina, e está confiante numa boa exibição apesar de reconher a grande qualidade das adversárias.

“Vim aqui para fazer os quatro saltos da melhor maneira que eu possa fazer e esperamos o resultado depois, vamos ver o que acontece (?) (estou) confiante e super animada, vou fazer dois saltos bem difíceis, inclusive são só feitos por mim, são bem especiais, há dois anos atrás quando em vim aqui fiz o meu salto novo de parada de mão, que fui a primeira mulher a fazer, não correu muito bem na competição mas nos treinos bem, então eu tive dois anos para treinar, então agora eu vou refazê-lo e fazer um ainda mais difícil, vamos ver como é que vai”, sublinhou a atleta que é “wildcard”, ou seja, convidada na prova.

Continuar a Ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Desporto

Travessia Terceira/Faial em Kayak só vai arrancar amanhã

Publicado

|

Foto: porto das pipas PRESS - Travessia Terceira Faial 100 anos

Miguel Sousa Azevedo/porto das pipas PRESS

Depois de consultada a previsão meteorológica para os próximos dias no Grupo Central, ficou acordado que apenas amanhã (dia 20), é que os onze atletas terceirenses vão ligar em Kayak a sua ilha de origem às vizinhas paragens de São Jorge, Pico e Faial, cumprindo a ligação de cinco etapas que comemora os 100 anos do Peter Café Sport, na cidade da Horta.

Eliseu Reis, João Paulo Rocha, Paulo Barcelos, Fernando Soares, João Fragueiro, André Almeida, Tomé Gonçalves e as duplas (em K2) André Avelar/Albano Barcelos e André Neto/Bruno Aguiar serão os destemidos que, até domingo, vão remar entre o Porto das Cinco Ribeiras e o Porto da Horta, arrancado pelas sete da manhã desta sexta feira.

“Vamos repetir a ligação feita no 75º aniversário do Peter Café Sport”, adianta André Avelar, o porta voz da aventura, lembrando que a iniciativa “também pretende fazer ver que é o mar que nos une, ainda mais no Grupo Central, pelo que deve ser sempre respeitado”, refere.

Eliseu Reis, conceituado atleta, com vários títulos regionais e excelentes prestações nacionais, explica que “a maior distância será na primeira etapa, da Terceira ao Topo (40 quilómetros).

No segundo dia serão 21 quilómetros do Topo à Calheta, e depois da Calheta até São Roque mais 27 quilómetros. Já no terceiro dia, teremos São Roque/Madalena, com 28 quilómetros feitos junto à costa do Pico e, depois de parar na Madalena, serão os derradeiros 7 quilómetros do canal até à Horta”, acrescenta Eliseu Reis.

A aventura dos 11 terceirenses conta com o apoio do Peter Café Sport – promotor do evento -, bem como da Associação Regional de Canoagem dos Açores, do Clube Naútico de Angra do Heroísmo, do Angra Iate Clube, do Clube Ar Livre da Ilha Terceira e do Clube Naval da Horta. Associaram-se ao evento as Câmaras Municipais de Angra do Heroísmo, da Horta, da Madalena e de São Roque do Pico, assim como a Junta de Freguesia do Topo. Os atletas ficarão instalados nas Associações Humanitárias de Bombeiros da Calheta e de São Roque do Pico, e contam com o patrocínio da empresa Ironstore e com a divulgação do Rádio Clube de Angra.



 

Continuar a Ler

Desporto

Sporting: “É a candidatura certa e a diferença está no seu líder” – João Benedito

Agência Lusa

Publicado

|

Foto: Sapo Desporto

O antigo atleta do Sporting João Benedito defendeu hoje que é o líder certo para comandar o futuro dos ‘leões’, caso seja eleito em 08 de setembro, salientando que o seu projeto é o caminho para os títulos.

Depois de ter confirmado na quarta-feira que não iria ser apenas “mais um” candidato, o ex-internacional português de futsal definiu também a equipa que o vai acompanhar, assim como a nova cultura que quer incutir e esclareceu que José Peseiro será o seu treinador.

“Não somos mais uma candidatura, não coloquem números nas candidaturas. Somos a candidatura certa para o Sporting. Temos um projeto diferenciado e essa diferença começa logo pelo seu líder”, começou por frisar.

Benedito acrescentou que no contexto desportivo não se desiste e que a sua equipa vai atrás de conquistas: “Este projeto foi desenvolvido para dar títulos ao Sporting”.

Na apresentação da candidatura, que decorreu em Lisboa, o oitavo candidato às eleições com o lema “Raça e Futuro”, definiu-se como um futuro gestor “à imagem dos campeões” do Sporting e com uma enorme vontade de triunfar.

“Chegou a hora de uma nova geração de atletas, mais preparada do que nunca, aplicar a sua cultura desportiva e profissional na condução dos destinos do clube, com a mesma determinação, foco e sede inesgotável de vencer. Queremos uma gestão à imagem dos campeões do Sporting, feito de esforço, dedicação, devoção e glória”, explicou.

Quanto à equipa que o acompanhará, João Benedito caracteriza a mesma como um “núcleo duro”, que se preparou bem e deu provas para poder trazer o sucesso ao clube de Alvalade.

“O núcleo duro, que me orgulho de liderar, é composto por vários campeões, com larga experiência enquanto dirigentes federativos e provas dadas na alta competição. É uma geração que atempadamente trabalhou e se preparou: Carlos Pereira, Ricardo Andorinho e Pedro Miguel Moura”, revelou em relação às escolhas para vice-presidentes.

O ex-jogador insistiu que a cultura que pretende passar será a de “vitórias e de títulos”, com pessoas que estiveram em campo e conquistaram troféus.

Para o fim deixou palavras para os treinadores dos Sporting, em especial para o técnico do futebol sénior, José Peseiro, e apelou ainda a uma campanha eleitoral que se destaque pela “elevação e valores” ‘leoninos’.

“Vamos dar as condições, as melhores condições, para que estas pessoas [treinadores] só se preocupem em ganhar. José Peseiro é o treinador do Sporting e é o nosso treinador”, concluiu.

Antes de João Benedito, já tinham anunciado que iriam concorrer às eleições do Sporting Bruno de Carvalho, presidente destituído, Carlos Vieira, Frederico Varandas, Dias Ferreira, Pedro Madeira Rodrigues, Zeferino Boal e Fernando Tavares Pereira.

Continuar a Ler

Desporto

Gonçalo Rodrigues sagra-se vice-campeão da Europa em Jet Ski

Publicado

|

Foto: CML

O atleta do Clube Náutico de Lagoa, Gonçalo Rodrigues, sagrou-se vice-campeão da Europa em Jetski, na categoria ski GP3 Seniores e terminou no 1º lugar na terceira prova do campeonato nacional, no Grand Prix de Portugal, que decorreu este fim de semana, em Entre-os-Rios, na cidade de Penafiel.

Gonçalo Rodrigues – Foto: CML



“Uma vez mais o atleta do Clube Náutico de Lagoa, Gonçalo Rodrigues, prestigiou o nome da nossa cidade, elevando o mesmo a um patamar europeu, quando frente a adversários de alto gabarito, consegue sagrar-se vice-campeão europeu no Grand Prix de Portugal. Este jovem atleta tem conquistado títulos exemplares que demonstram a qualidade do clube lagoense, sendo um verdadeiro exemplo de persistência, dedicação e mérito desportivo para todos os desportistas do concelho”, congratulou Ricardo Martins Mota, Vice-presidente da Câmara Municipal de Lagoa e responsável pela área do desporto.

Na sexta-feira, nos treinos livres, Gonçalo Rodrigues, foi o mais rápido, apesar dessa prova não contar, porém na pole position, o atleta voltou a vencer, desta feita conseguindo pontuar.

No sábado de manhã, já com a pole position ganha, teve a oportunidade de ser o primeiro da grelha de partida e com um excelente arranque conseguiu dominar a primeira manga do início ao fim. Da parte da tarde, repetiu o feito alcançado de manhã e acabou por ganhar novamente.

Infelizmente, no domingo, as coisas não correram tão bem para o desportista, tendo ficado toda a corrida em quarto lugar, sem nunca conseguir alcançar a terceira posição, que lhe garantiria o título Europeu, terminando a manga na quarta posição.

Gonçalo Rodrigues faz um balanço bastante positivo desta prova, principalmente por ter conseguido impor um ritmo “muito forte na corrida numa grelha de partida em que apenas tinha pilotos de topo na minha categoria ski GP3 Seniores. Também de destacar a enorme divulgação que o Clube Náutico de Lagoa teve na cidade de Penafiel e Europa, visto que fui cartaz da prova”.

Fonte: CML

Continuar a Ler

+ Populares