Connect with us

Regional

Vasco Cordeiro anuncia cursos de formação no setor turístico em todas as ilhas

GACS

Publicado

|

O Presidente do Governo dos Açores inaugurou hoje o novo Posto de Turismo da Graciosa, em Santa Cruz, onde anunciou a realização de cursos de formação profissional neste setor, que arrancarão no final da época alta, abrangendo todas as ilhas da Região.

 

“Esta é uma medida que chegará a todas as ilhas do arquipélago, através da qual se dá mais um importante passo na resposta complementar às necessidades verificadas face ao aumento da atividade e, por conseguinte, da procura que se regista ao nível de recursos humanos qualificados”, afirmou Vasco Cordeiro.

No primeiro dia da visita estatutária à Graciosa, o Presidente do Governo adiantou que, nesse sentido, a Escola de Formação Turística e Hoteleira se encontra a finalizar o plano para a realização de sete cursos, que arrancarão no final da época alta, em áreas como cozinha base e avançada, restaurante, ‘softskills’ vocacionadas para o cliente externo e interno, marketing digital e ‘housekeeping’.

Estes cursos, segundo Vasco Cordeiro, resultam do levantamento das necessidades de formação que foi feito por ilha, em conjunto com as Câmaras Municipais, as Câmaras de Comércio e algumas associações empresariais.

“Tudo isto contribui para a qualificação de um setor que, também fruto de um crescimento a um ritmo sem paralelo na sua história, necessita de reforçar a aposta na formação dos recursos humanos, quer relativamente à entrada de novos profissionais na atividade, quer com formação orientada para a atualização de competências ou para a reconversão profissional”, sublinhou.

De acordo com Vasco Cordeiro, já foi, assim, estabelecida uma parceria com o Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo e com a AHRESP, com vista à implementação de um Programa de Sensibilização para uma Cultura de Serviço e de um Programa de Qualificação do Património Gastronómico dos Açores – este último, já em curso.

Na sua intervenção, o Presidente do Governo salientou, por outro lado, que, quando se constata o bom momento em que vive o turismo nos Açores, é necessário ter em conta a sua linha orientadora máxima, que tem a ver com a sustentabilidade económica, ambiental e social deste setor.

“Todas estas componentes da sustentabilidade contribuem para o cabal aproveitamento dos benefícios que o setor traz para a nossa Região, mas, sobretudo, para que esse crescimento possa perdurar no tempo e não seja apenas algo que se limite a um determinado período”, frisou.

Nesse sentido, Vasco Cordeiro salientou que esta sustentabilidade tem de ter em conta a sustentabilidade económica dos investimentos feitos nesta área, a sustentabilidade social, que deriva de uma ação diligente, concertada e sem qualquer receio quanto aos desafios que permanecem ao nível da qualidade do emprego, assim como a sustentabilidade ambiental, que garante as condições para a Região continuar a ter um ativo que reverta em benefício do seu desenvolvimento.

Relativamente ao Posto de Turismo da Graciosa, Vasco Cordeiro adiantou que se enquadra num processo gradual de qualificação das infraestruturas públicas que o Governo dos Açores está a implementar em toda a Região.

“Nesse sentido, está a ser desenvolvido um processo de renovação da imagem e do conceito dos postos de turismo, num investimento estimado em cerca de um milhão de euros, possibilitando que o nosso destino se qualifique ainda mais através de uma imagem forte, singular e consolidada, que assegure a implementação de uma rede integrada, contemporânea e consentânea com as diretrizes do turismo dos Açores”, disse.

Além disso, está a ser feito um investimento na contratação de recursos humanos para os Postos de Turismo da Região, para os quais decorrem procedimentos de contratação para 19 colaboradores, privilegiando a estabilidade do quadro de funcionários.

Seguir-se-á o imprescindível investimento na componente formativa de quem faz a receção dos turistas, juntamente com o desenvolvimento de novos conteúdos disponibilizados também através de novas tecnologias, referiu Vasco Cordeiro.

Regional

Revista de Imprensa Regional – terça-feira, 14 agosto 2018

Publicado

|

Açoriano Oriental:

– “Dormidas em hotéis estabilizam apesar do aumento de turistas”

– “Nova administração com missão de viabilizar o Grupo SATA”

– “Mais açorianos estão a deixar de fumar”

Correio dos Açores:

– “Mãe parte de Ponta Delgada com aperto no coração e ao chegar a Lisboa sabe da morte do filho”

– “Governo diz que o futuro da Azores Airlines não depende da privatização”

– “James Arthur teve ataque de ansiedade no palco do festival Monte Verde”

Diário dos Açores:

– “Investigação ao caso do ‘desvio’ do helicóptero – Secretário da Saúde ignorou pedido da proteção civil para abrir inquérito”

– “792 euros – temos o salário médio mais baixo do país”

– “Açores batem recorde de cruzeiros no 1.º semestre”

Diário Insular:

– “Blogs são meio de comunicação”

– “Descarga de esgotos na baía de Angra motiva queixas ambientais”

– “Orçamento Participativo tem mais propostas da Terceira”

Continuar a Ler

Regional

Alerta Amarelo : Previsão de chuva e trovoada em sete ilhas dos Açores

GACS

Publicado

|

Por

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA, verificando-se condições para a ocorrência de aguaceiros fortes e trovoadas também para o Grupo Central, emitiu o seguinte aviso:

Grupo Ocidental

Aviso AMARELO referente a:

PRECIPITAÇÃO

No período entre as 08H00 e as 18H00 de hoje, 14 de agosto.

Aguaceiros pontualmente fortes.

Aviso AMARELO referente a:

TROVOADA

No período entre as 08H00 e as 18H00 de hoje, 14 de agosto.

Grupo Central

Aviso AMARELO referente a:

PRECIPITAÇÃO

No período entre as 08H00 e as 18H00 de hoje, 14 de agosto.

Aguaceiros pontualmente fortes.

Aviso AMARELO referente a:

TROVOADA

No período entre as 08H00 e as 18H00 de hoje, 14 de agosto.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas, entre outras, as seguintes medidas de autoproteção:

Mantenha limpos os seus sistemas de drenagem, bem como os adjacentes à sua residência, alerte as autoridades competentes;

Não circule sem necessidade. Pode atrapalhar a circulação das forças de segurança ou cair em buracos ocultados por lençóis de água;

Em locais não pavimentados, as águas podem causar erosão dos solos, levando à queda de muros, taludes, postes, entre outros;

Estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

GaCS/SRPCBA

Continuar a Ler

Cultura / Eventos

Canárias e Finlândia investem no Festival Cordas na ilha do Pico, Açores

Publicado

|

Maija Kauhanen estreia em Portugal no Festival Cordas com o instrumento finlandês, o kantele

A terceira edição do Festival Cordas, músicas do mundo, recebe apoio internacional. Investimento das Canárias e da Finlândia programam duas noites de música no Auditório da Madalena.

A abertura do festival dá as boas vindas ao regresso de Beselch Rodriguez e Marco del Castillo, que participaram na primeira edição do festival. Desta vez, os músicos das Canárias vêm acompanhados por Germán López que vem reforçar a presença do Timple, o instrumento típico originário do arquipélago espanhol. Maija Kauhanen estreia em Portugal apresentando um típico e antigo instrumento de cordas do folclore finlandês, o Kantele, para o concerto de sábado à noite. Maija foi um dos sucessos musicais do Womex 2017, a maior feira de músicas do mundo.

O encerramento desta terceira edição é dedicado aos músicos dos Açores, que desde já estão todos convidados para o convívio, domingo à tarde, na MiratecArts Galeria Costa. O concerto final será no Auditório da Madalena e abraça as Violas dos Açores, um programa da Associação de Juventude Violas da Terra, liderado pelo mestre Rafael Carvalho. A viola de arame dos Açores, Viola da Terra, continua a ser o destaque e razão da criação deste festival que já ocupa lugar nas listas de festivais de músicas do mundo.

Com eventos marcados em localidades como o “Santuário dos Dragoeiros”, no Museu do Vinho, e ainda apresentações no “centro da terra” na Gruta das Torres, o Festival Cordas recebeu nomeações para Melhor Pequeno Festival, Melhor Programação e ainda Melhor Promoção Turística nos Prémios Ibéricos 2018, depois de ter conseguido ficar na lista dos TOP10 Melhores Novos Festivais na edição anterior.

O Festival Cordas é um projeto da associação MiratecArts e acontece de 12 a 16 de setembro, na ilha do Pico, Açores, com vários parceiros e apoio da Direção Regional do Turismo. Marta Guerreiro, Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo do Governo dos Açores, diz que “não se trata apenas de receber o mundo, mas de fazer dos Açores o centro do mundo, neste caso particular, a partir da ilha montanha e através da Miratecarts.” Para o programa que inclui 14 eventos musicais, eventos paralelos que visitam as escolas locais e ainda artista em residência, visite www.festivalcordas.com

Continuar a Ler

+ Populares