Connect with us

Regional

Açores investe cerca de 89 mil euros na iluminação do Porto de Pescas de Santa Cruz da Graciosa

GACS

Publicado

|

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia adiantou hoje que o Governo dos Açores procedeu à reformulação do projeto de iluminação do Porto de Pescas de Santa Cruz da Graciosa, “de acordo com as pretensões e as necessidades dos seus utilizadores”.

Gui Menezes, que falava durante uma visita ao local no âmbito da visita estatutária do Governo Regional, salientou que o procedimento de contratação pública desta empreitada “está em fase de consulta às empresas, estando previsto o início dos trabalhos no final do terceiro trimestre deste ano”.

Este investimento, no valor de cerca de 89 mil euros, vem na sequência da intervenção realizada naquele porto de pescas “com o objetivo de melhorar as condições de operacionalidade e de segurança”, afirmou.

Para além da iluminação e da reestruturação da rede elétrica do porto, estão ainda previstos na empreitada os trabalhos de remoção e colocação dos blocos de betão no extradorso do molhe e alteamento do maciço da grua.

O Governo dos Açores promoveu a consolidação do Porto de Pescas de Santa Cruz, uma empreitada no valor de cerca de 490 mil euros que ficou concluída em julho de 2017, tendo-se procedido também à reparação da escaleira.

Continuar a Ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Regional

Tempo Açores: Previsão para Segunda-feira, 16 julho 2018

Publicado

|

Previsão do estado do tempo nos Açores para esta segunda-feira, 16 de julho de 2018



CORVO
Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Vento norte bonançoso (10/20 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Vila do Corvo: 20ºC / 25ºC

FLORES
Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Vento norte bonançoso (10/20 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Santa Cruz das Flores: 19ºC / 25ºC

FAIAL
Períodos de céu muito nublado com abertas.
Vento norte bonançoso (10/20 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Horta: 18ºC / 24ºC

PICO
Períodos de céu muito nublado com abertas.
Vento norte bonançoso (10/20 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22º
Madalena: 17ºC /24ºC

S. JORGE
Períodos de céu muito nublado com abertas.
Vento norte bonançoso (10/20 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Velas: 17ºC / 23ºC

GRACIOSA
Períodos de céu muito nublado com abertas.
Vento norte bonançoso (10/20 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Santa Cruz da Graciosa: 18ºC / 24ºC

TERCEIRA
Períodos de céu muito nublado com abertas.
Vento norte bonançoso (10/20 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Angra do Heroísmo: 17ºC / 24ºC

S. MIGUEL
Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Vento norte bonançoso (05/20 km/h), rodando para nordeste.

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Ponta Delgada: 18ºC / 25ºC

S. MARIA
Períodos de céu muito nublado com boas abertas.
Vento nordeste bonançoso a moderado (10/30 km/h).

Mar de pequena vaga.
Ondas noroeste de 1 a 2 metros.
Temperatura da água do mar: 22ºC
Vila do Porto: 19ºC / 25ºC

METEOROLOGISTA: C.R.

Continuar a Ler

Cultura / Eventos

Festival Santa Maria Blues destaca a ilha num contexto internacional de promoção

Publicado

|

Facebook / © 2018 Santa Maria Blues

O Diretor Regional frisou que “já são muitos os visitantes que procuram Santa Maria nesta época do ano, conciliando a experiência musical com os produtos estratégicos pelos quais esta ilha já é conhecida”.



“Importa destacar, por isso, produtos como o mergulho, que se tem posicionado como uma atração prioritária através dos ‘spots’ especiais para o mergulho com jamantas, bem como o geoturismo, por via dos fósseis marinhos únicos de que dispõe e que se constituem como um verdadeiro laboratório ao ar livre, com relevância internacional, conforme atestam estudos científicos recentes”, afirmou.

Nesse sentido, Filipe Macedo destacou o “conjunto de investimentos que o Governo dos Açores tem vindo a implementar ao longo dos últimos anos para valorizar, cada vez mais, estas potencialidades, como é exemplo a Rota dos Fósseis, a Grande Rota de Santa Maria, o circuito interpretativo da Pedreira do Campo e a Casa dos Fósseis, que evidenciam o que de mais particular tem esta ilha, enquanto elementos diferenciadores do que tem para oferecer”.

Para o Diretor Regional, esta valorização está perfeitamente alinhada com o Plano Estratégico de Marketing do Turismo dos Açores, que “definiu uma estratégia de produtos por ilha, numa perspetiva de desenvolver a oferta turística da Região como um todo, ao mesmo tempo que dinamiza o potencial de oferta das nove ilhas, dirigindo-o para segmentos de mercado específicos”.

Relativamente ao Festival Santa Maria Blues, Filipe Macedo salientou o trabalho da Associação Escravos da Cadeinha, destacando o “empenho de levar mais longe um evento que já conta, para Santa Maria, com a chancela de ‘Capital dos Blues em Portugal’, o que enaltece não só a ilha, como os Açores como um todo”.

“Verifica-se uma proximidade de todos os Marienses, que se voluntariam e fazem com que este evento se realize, sendo um exemplo de que o turismo dos Açores se baseia, sobretudo, nas pessoas e num trabalho com todos os agentes do setor, através de uma política em linha com os interesses de quem está no terreno nesta atividade”, afirmou.

Continuar a Ler

Regional

Novo coordenador BE/Açores diz que Governo regional socialista está “anestesiado”

Agência Lusa

Publicado

|

O novo coordenador do Bloco de Esquerda (BE) no arquipélago, António Lima, acusou o Governo regional socialista de ser um executivo “anestesiado” e “mais preocupado em defender o Governo de António Costa do que em defender os Açores”.

“Estamos perante um governo sem força, sem vontade política e sem projeto para desenvolver os Açores. Podemos mesmo dizer que é um governo anestesiado”, afirmou António Lima, que encabeçava a única moção apresentada na VI convenção regional do BE intitulada “Mais Açores Mais Esquerda”, aprovada por unanimidade.



A lista candidata à comissão coordenadora regional foi eleita com 97% dos votos.

No encerramento, o novo coordenador do Bloco no arquipélago considerou que há atualmente na região “um Partido socialista e um governo regional mais preocupado em defender o Governo de António Costa” (primeiro-ministro) “do que em defender os Açores”.

“Como é possível ouvir repetidamente da boca de Vasco Cordeiro (presidente do Governo açoriano) que o Governo do Partido Socialista na República não tem falhado aos Açores e tem cumprido todas as promessas? Terá mesmo cumprido?”, questionou.

António Lima desafiou o chefe do executivo açoriano a exercer a Autonomia em várias questões.

“Mas, daqui faço um desafio ao senhor presidente do Governo, exerça a Autonomia e assuma o tempo que agora nega aos professores, assuma o combate à precariedade e apoie a proposta do Bloco para que empresas apoiadas com dinheiros públicos tenham nos seus quadros 75% de trabalhadores com contratos sem termo e, no mínimo, 50% no caso das microempresas”, disse.

António Lima desafiou ainda o Presidente do Governo regional “e o PS para que vote a favor da proposta do Bloco para adaptar à região o programa de regularização de precários na administração pública”.

“Este desvelo em favor do Governo da República e contrário aos Açores, é um golpe na economia, no desenvolvimento e na Autonomia”, frisou.

Com críticas à governação socialista açoriana, alertou que os Açores “estão à frente das desigualdades sociais” chamando a atenção para “o flagelo do desemprego e da precariedade laboral”.

António Lima disse que o PS “lançou uma nova palavra de ordem recentemente, o chamado novo ciclo económico”, que “afinal não é nada mais que o velho hábito de transferir riqueza do setor público para o privado, aumentando assim as desigualdades sociais”.

O dirigente partidário sustentou que “os Açores na globalidade irão perder fundos europeus” e disse que “o debate que já se anuncia entre PS e PSD sobre qual o partido que negoceia melhor os quadros comunitários é um debate completamente estéril”.

“Por isso, não contem com o Bloco de Esquerda para ele”, acrescentou.

O novo coordenador regional do BE sublinhou que a moção aprovada “acolhe os principais vetores da ação política” desenvolvida pelo partido “até à data”, mas “é capaz de juntar e acrescentar mais saber, mais profundidade tornando por essa via o Bloco de Esquerda/Açores mais apto, mais forte e sabedor para enfrentar esta difícil caminhada” para “transformar a região num lugar decente para a vida dos açorianos e açorianas”.

Foram ainda aprovadas três propostas de alteração aos estatutos do BE nos Açores.

Segundo as alterações, deixa de haver limitação de mandatos no BE/Açores, as listas ao Parlamento Europeu podem passar a integrar independentes e a minuta com os temas e decisões tomadas em cada reunião da Comissão Coordenadora Regional passa a ser disponibilizada na página do movimento na internet, unicamente com os pontos de índole política.

No final da convenção, reuniu-se a comissão coordenadora regional que elegeu António lima como coordenador regional.

Assim, o modelo de coordenação do BE/Açores foi alterado, passando de uma direção partilhada para uma desempenhada agora apenas por uma pessoa.

Continuar a Ler

+ Populares